Zika Vírus: o perigo de um simples mosquito

Agora não há mais como negar, o Zika tem relação direta com malformação de bebês e a Síndrome de Guillain-Barré. A primeira, denominada microcefalia, é responsável por fazer com que crianças nasçam com o crânio menor. A segunda é a doença autoimune que ocorre quando o sistema imunológico do corpo ataca parte do próprio sistema nervoso por engano. Logo isso leva à inflamação dos nervos, provocando fraqueza muscular. A comprovação de tais fatos foi feita por especialistas da área epidemiológica do Ministério da Saúde no segundo semestre de 2015.

Segundo o Portal da Saúde, em 29 de abril de 2015, pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (UFBA) reportaram a identificação de Zika Vírus (ZIKAV) por meio de técnica de RT-PCR em oito de 25 amostras testadas, provenientes da região de Camaçari/BA. Em 09 de maio de 2015, a Fiocruz/PR identificou ZIKAV, pela mesma técnica em oito de 21 amostras, provenientes de Natal/RN. No dia 20 de maio de 2015, o estado de São Paulo notificou a detecção de um caso confirmado na região de Sumaré/SP realizado pelo Instituto Adolfo Lutz/SP. Os casos foram ratificados pelo laboratório de referência nacional, Instituto Evandro Chagas/SVS/MS. A partir dessa data, outros estados vêm identificando a circulação de casos suspeitos de febre do Zika Vírus. Esses dados mostram o quão perigoso o Zika tem se tornado para a sociedade.

Além disso, o portal G1.com publicou uma entrevista com especialistas da área da saúde no qual um deles faz considerações importantes. O infectologista Paulo Peçanha (entrevistado pelo portal) acrescenta que as mulheres que não puderem adiar a gravidez e as que já estão grávidas precisam redobrar os cuidados. “Devem estar atentas até aos sintomas mais leves e procurar imediatamente seu médico ou uma unidade de saúde”, diz.

Outro ponto importante é evitar qualquer contato com o mosquito. Se possível, usar manga comprida e calça. Também devem fazer o uso de repelente, sendo renovado várias vezes ao dia. A escolha do produto deve ser combinada com o médico. E manter o corpo hidratado, principalmente se apresentarem os sintomas da doença.

Peçanha destaca que, embora os riscos possam ser maiores nas fases iniciais da gravidez – período de formação do feto – ainda não se tem certeza de que não haverá complicação nos meses finais. “Os conhecimentos médicos sobre o Zika são poucos. Não é possível tranquilizar grávidas em final de gestação. Todo cuidado ainda é pouco”, pondera.

Tudo isso mostra que os cuidados com o Zika vírus devem ser adotados. O uso de telas nas janelas, de repelentes e inseticidas devem ser constantes a fim de que essa doença se espalhe. Portanto, cabe a todos fazer o máximo que puder para que se evite esse mal.

Bueiro entupido é sinal de cidadão mal educado?!

Em períodos de chuva, é comum vermos nas grandes cidades bueiros entupidos. Eis aí o problema. O fato de os bueiros estarem entupidos se tornou comum como se isso fizesse parte da história da vida humana e fosse algo cultural. Todavia, isso é o reflexo de uma sociedade despreparada para o desenvolvimento sustentável e altamente poluidora, uma vez que seus representantes achem comum ruas alagadas por um mau funcionamento do escoador das águas das chuvas.

Segundo a Empresa de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), o maior responsável pelo entupimento de bueiros no Brasil é o descarte incorreto de lixo. Imagens que ilustram esse fato são vistas em grandes centros urbanos e até em cidades que cercam esses centros, nos quais vemos garrafas pet, sacolas cheias de lixo etc. jogadas ao chão. Assim, basta que ocorra uma chuva torrencial para que todo esse material seja conduzido até os bueiros que, por sua vez, não suportam tantos detritos e entopem. Ainda que saibamos que o sistema de escoamento das cidades não foi bem construído, isso não justifica o fato de todos lançarem lixo e outros em qualquer lugar. Além do transtorno causado pelo entupimento da saída de água, a poluição visual e o mau cheiro serão também pontos negativos dessa atitude condenável.

Além disso, alguns ambientalistas, engenheiros urbanos e paisagistas acreditam que a falta de conscientização do ser humano é um contribuidor para os bueiros que se entopem frequentemente. Na verdade, se formos realmente ser justos, campanhas de conscientização são feitas por empresas e governantes, cartilhas são entregues nas ruas, cartazes são fixados em pontos estratégicos nas cidades, mas as pessoas os ignoram. Basta que se volte para as cidades e veja a quantidade de lixo jogado ao chão, sacolas com materiais impróprios para descarte fora das lixeiras etc. que saberemos dizer se realmente o cidadão dá importância a conscientização. A resposta que confirma essa assertiva é simples: não.

O que resolverá o problema do bueiro entupido, na realidade, é a (re)educação do brasileiro. Será necessário que se instale lixeiras na porta das casas para cada material específico (plástico, vidro etc.) em dias também específicos. As pessoas devem denunciar aos órgãos de limpeza urbana atitudes, como a de jogar lixo nas ruas, e que o praticante seja punido de alguma forma pelo ato. Ademais, se um bueiro de uma rua “X” entupir, todos os moradores devem ser multados por um valor estabelecido em lei a fim de que esse dinheiro seja usado para a promoção da limpeza do bueiro. Assim sendo, (re)educação talvez seja o melhor caminho para que o cidadão passe a respeitar a cidade e seus moradores.

Problemas ao não desentupir a fossa

As fossas são tanques subterrâneos instalados em empresas e casas para receber dejetos vindos de banheiros e pias. Um tratamento primário de esgoto é feito para separar a matéria sólida e liberar a parte líquida do esgoto. Como o tratamento não é feito por completo, uma limpeza das fossas é necessária para que o esgoto seja destinado adequadamente.

Desentupidora de Fossa SP

Esgoto não tratado acumulado produz mau cheiro, dessa forma, sua instalação deve ser realizada próxima ao banheiro, de modo a evitar curvas nos encanamentos e problemas de entupimento. Se o local contar com um poço artesiano, a fossa deve ser instalada longe do poço para que não ocorra contaminações em caso de vazamento da fossa séptica.

Dentre as vantagens de se realizar a limpeza das fossas, estão o fato de impedir que o esgoto seja descartado em locais impróprios, evitar que bactérias causadoras de doenças se proliferem, prevenir a polução do ambiente, manter a segurança e higiene do local e da família e a retirada segura de gases.

Problemas causados pela falta de limpeza das fossas

A limpeza da fossa é indicada quando o acúmulo de resíduos estiver próximo da capacidade do dispositivo, de modo a evitar o mau cheiro e vazamentos. A falta de limpeza da fossa pode refletir em problemas na saúde humana e a segurança do ambiente. Outro problema é a contaminação da água que pode ocorrer em caso de entupimento, transmitindo graves doenças como cólera, epidemias e vermes. Não limpar a fossa também pode provocar o aparecimento de pragas urbanas como ratos e baratas. Realizar a manutenção e limpeza periódica da fossa é importante para evitar problemas futuros.

Os efluentes vindos da fossa são poluentes e devem ser direcionados para um espaço em que possa receber um tratamento de esgoto específico. Sendo assim, é importante tomar certos cuidados ao realizar a limpeza da fossa para que a saúde não seja prejudicada. O ideal é que esse serviço seja realizado por uma desentupidora especializada, já que seus técnicos de desentupimento tem experiência nesse tipo de limpeza e contam com equipamentos adequados para realizar esse procedimento.

Por que é importante limpar a fossa séptica?

Uma série de problemas pode acontecer quando a limpeza da fossa não é feita adequadamente. O mal cheiro é a primeira consequência causada pela realização incorreta desse procedimento, o que desencadear problemas respiratórios em decorrência da liberação de gases diversos. Existem empresas especializadas, como desentupidoras e até dedetizadoras, que realizam esse tipo de serviço.

Não é aconselhável que a fossa seja limpada por conta própria, já que essa limpeza exige ferramentas e técnicas específicas para a sua realização, sem danificar o local e permitir a proliferação de pragas urbanas, o que traria problemas de saúde às pessoas que convivem no espaço. Uma fossa suja representa o aparecimento de diferentes tipos de pragas.

a-importancia-da-limpeza-da-fossa-septica-desentupidora-sp

Entre em nosso portal de Desentupidoras em SP

A importância da limpeza correta da fossa

Realizar a limpeza de fossa por conta própria ou contratar um profissional não habilitado para esse serviço representa corre o risco do serviço não ser realizado corretamente ou até danos ao local. O uso de objetos pontiagudos, como arames, podem danificar o encanamento e causar ainda mais problemas no interior da fossa. Objetos inflamáveis como cigarros, fósforos e isqueiros devem ficar longe do dispositivo, evitando um possível incêndio.

Uma limpeza descuidada sem prestar atenção aos detalhes, como as tampas da fossa e a caixa de gordura, pode deixar passar infiltrações e vazamentos, desencadeando problemas no futuro. Contratar uma desentupidora ou empresa especializada para desentupir a fossa, é garantia de problema resolvido com eficácia, segurança e sem causar danos. Além disso, de modo a colaborar com o meio-ambiente, todos os resíduos coletados são descartados adequadamente em locais apropriados para que sejam tratados posteriormente.

Serviços de hidrojateamento para a limpeza de fossa

Fossa séptica como alternativa barata

A falta de saneamento básico é um dos principais fatores que colocam em risco a saúde humana. Além do odor insuportável, o esgoto não tratado também é responsável pela transmissão de inúmeras doenças em comunidades de baixa renda, como cólera, hepatite, amebíase, leptospirose, febre tifoide, entre outras que também são perigosas e letais, influenciando diretamente na qualidade de vida dos moradores.

Segundo dados da ONU, cerca de 7500 pessoas morrem todos os anos devido a falta de saneamento básico. O fato é ainda mais alarmante quando observamos que 5000 dessas vítimas são crianças menores de cinco anos. O saneamento básico total foi colocado pela ONU como um dos objetivos de desenvolvimento do milênio a ser alcançado, apesar de ser uma das metas mais difíceis a serem alcançadas.

fossa-septica-desentupidora-sp

As melhores Desentupidoras de SP você encontra em nosso portal

Por essa razão, a fossa se apresenta como uma alternativa acessível e rápida para diminuir e resolver os problemas provocados pela ausência de coleta de esgoto e saneamento básico. Esse dispositivo é muito utilizado em bairros que ficam longe das regiões centrais das cidades e em comunidades rurais onde não há coleta de esgoto. Essa alternativa garante qualidade de vida, segurança e principalmente saúde aos moradores dessas locais.

A fossa séptica é uma ótima solução por substituir em partes a rede de coleta de esgoto. Esse dispositivo pode ser utilizado coletiva (construção de fossas comunitárias) ou individualmente (para cada casa). Basicamente, a fossa funciona transformando a água contaminada em uma água cheia de nutrientes e que pode ser descartada no quintal, córrego ou rio. Resíduos sólidos e gordurosos e sólidos sofrem uma alteração e são armazenados para serem recolhidos por uma desentupidora posteriormente.

Tipos de fossas sépticas

A fossa séptica é um dispositivo muito conhecido e que apresenta diferentes modelos, sendo que cada tipo é mais indicado para determinado local que não conta com um serviço de coleta de esgoto. O uso de fossas é necessário nas cidades onde não há rede de esgoto, sendo que sua limpeza e manutenção deve ser feita regularmente por uma desentupidora. Conheça um pouco mais sobre os tipos de fossas.

Fossa séptica

Construída com cimento ou em alvenaria, a fossa séptica é uma cavidade subterrânea onde armazena-se o esgoto para que bactérias o decomponha. Esse tipo de fossa conta com três câmaras: a de digestão, decantação e escuma. No decorrer do processo, os materiais líquido e sólido são separados e os gases são estabilizados, permitindo que os efluentes retornem para a natureza de forma segura. A parte sólida deve ser retirada e transportada por um caminhão limpa-fossa periodicamente, de modo que sejam descartadas em ETE’s (estações de tratamento de esgoto).

tipos-de-fossas-limpa-fossa-sp

Procurando desentupidoras em São Paulo? Entre em nosso portal

Fossa negra

É um tipo de fossa mais rústico e rudimentar que não oferece segurança ao meio ambiente e ao usuário, já que é escavada diretamente no solo, sem revestimento nas paredes ou base. A fossa negra representa um grande risco de contaminação ambiental e à saúde humana, pois parte dos dejetos se decompõe no fundo do dispositivo e outra se infiltra na terra, sem nenhum escoamento. Além disso, contaminam os lençóis freáticos e proliferam doenças. Esse modelo não pode ser construído próximo de poços e mananciais de água e deve ser esvaziada e ser limpa com frequência.

Fossa seca

Recebe esse nome por ser construída, na maior parte, com material orgânico pastoso e sólido. Por esse motivo, não é indicado que receba líquidos. Recomenda-se que sua construção seja feita a, pelo menos, 15 metros de qualquer fonte d’água ou 10 metros da casa. É um modelo de fossa rudimentar, mas que funciona como solução sanitária individual. Costuma ser aberta em lugares onde não há água potável por perto e com falta de saneamento básico.